Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

terça-feira, 24 de março de 2009

Mais jovem universitário em uma Federal





Aos 13 anos 8 meses e 11 dias o jovem universitário enfrentou o vestibular temido por maioria do jovens ao concluir o ensino médio.
Nascido em 28 de março de 1995, o Paranense Guilherme Cardoso de Souza, prestou vestibular no dia 08 de dezembro de 2008 na Universidade Federal do Paraná, o qual foi aprovado em 1º lugar em química, tornando-se assim o mais jovem universitário em uma federal.

Edna mãe do garoto conta que percebeu a habilidade do filho aos dois anos de idade quando Guilherme tentava ler um encarte de jornal, assustada, tentou buscar ajuda para entender o que estava acontecendo, sem condições para pagar um especialista, foi aprendendo a lidar com a situação, aos cinco anos ela tentou colocá-lo na escola, mas a orientação foi que, ela procurasse uma particular, sem condições financeiras para tal, ele começou aos sete em um colégio público.As professoras perceberam seu aprendizado rápido, analisado pelo instituto para otimização da aprendizagem o qual comprovou o talento e superdotação do menino, que passou a fazer dois anos em um. Fez a 1.ª e 2.ª séries de uma só vez e no ano seguinte a 3.ª e a 4.ª. Com nove anos foi estudar no Centro de Atenção Integral à Criança (Caic) onde fez a 5ª, 6ª e 7ª séries em um ano. Na 8ª série ganhou uma bolsa no Colégio Bom Jesus, uma das escolas parceiras do Instituto Bom Aluno, que atende o Guilherme desde 2004.

No colégio ele passou a ajudar o professor de Química, dando aulas de reforço. “Ele desenvolveu alguns métodos de ensinar Química para que os alunos pudessem ter mais amor pela disciplina”, comentou a mãe. São estes métodos que Guilherme está registrando no livro em que está escrevendo. O superdotado contou que começou a desenvolver os métodos ajudando os primos nas tarefas. “Eu dava exemplos que eles acabavam memorizando. Eu não vou colocar tudo no livro, ainda estou organizando, pesquisando bibliografia”, contou.

Nenhum comentário: