Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

quinta-feira, 5 de março de 2009

Mão na massa - Papel artesanal -

Papel artesanal

Receita básica

1 - Pique e reserve 100 g de papel. Coloque o material picado em uma tina com água e deixe as fibras hidratarem por 12 horas. Se quiser um papel colorido, deixe também de molho papéis de cores fortes

2 - Coloque metade da água e do papel no liquidificador e bata por três minutos. Acrescente metade da cola branca e bata mais uma vez, até obter uma massa homogênea. Repita o procedimento com a sobra dos ingredientes.

3 - Preencha a tina com 70% de seu volume de água. Adicione a massa de celulose e misture bem. Mergulhe a tela de silk até o fundo da tina. Retire-a, escorrendo a água excedente. A tela ficará coberta pela mistura. A espessura da folha depende da quantidade de massa de celulose e água que você colocar.

4 - Estenda a entretela (ou tecido com pelo menos 30% de algodão) sobre uma superfície bem plana. Com o rolinho, transfira o papel da tela de silk para a entretela. Esse procedimento também serve para retirar o excesso de água.

5 - Levante a tela de silk. Nesse momento, faça o primeiro controle de qualidade: observe atentamente se não há bolhas, buracos ou imperfeições no papel. Se houver, despreze essa folha e repita o procedimento das etapas 3 a 5.

6 - Coloque outra entretela sobre a primeira folha de papel reciclado e repita o processo sucessivamente, até atingir sete folhas empilhadas.

7 - Distribua esse "sanduíche de folhas" sobre uma placa de polietileno ou de madeira. Depois, cubra-o com outra placa e leve para a prensa por dez minutos. É possível substituir a prensa por pesos e listas telefônicas espalhados sobre as placas. Espere que toda a água saia.

8 - Estenda as entretelas num varal e faça o segundo controle de qualidade. Despreze as folhas que apresentarem imperfeições. Deixe secar por dois ou três dias.

9 - Para retirar o papel das entretelas, segure em duas laterais opostas do tecido e puxe até descolar. Faça o terceiro controle de qualidade. Note que, depois de seco, o papel fica encolhido. Para alisá-lo, remonte o "sanduíche de folhas" como na etapa 7 e leve à prensa por 30 minutos.

Papel Reciclado

Material (para sete folhas finas): 150 g de papéis diversos (sulfite, cartolina, papelão ou kraft; liquidificador; 1,5 l de água; 2 colheres (sopa) de cola branca Cascorex; tina de plástico retangular; tela retangular fina tipo silk screen; rolinho de pintura ou rodinho de pia; entretelas ou qualquer tecido com pelo menos 30% de algodão; 2 placas de polietileno ou de madeira; prensa ou livros grandes e pesados como listas telefônicas; varal e pregadores. (Veja a receita básica) 

AGENDA 

Material: papelão horle – amarrado 25 ou papel Paraná para as capas da agenda; folhas de papel reciclado amarelo, azul e bege; papel reciclado industrial para o miolo; tesoura; cola branca; pincel para passar a cola; wire-o ou espiral; furadeira, agulha grossa ou prego e elástico para fechar a agenda. 

CONFECçÃO

Pegue o papel Paraná ou papelão horle e corte-o duas vezes, num tamanho um pouco maior que o miolo da agenda. Encape as partes da frente e de trás da agenda com o papel reciclado amarelo, tanto externa quanto internamente. Em seguida, decore a capa da agenda com pedacinhos de papel azul e bege. Se preferir, desenhe flores, bonecos ou o que a sua imaginação mandar usando papéis coloridos. Tome cuidado com os excessos de cola, que podem manchar o resto do papel. 

MONTAGEM

Use a furadeira, uma agulha grossa ou um prego para fazer os furos na lateral da agenda. Se preferir utilizar o vire-o, existem empresas que oferecem o serviço de colocação desse material (veja endereços abaixo). Introduza a espiral. Para completar, faça dois furos, um em cima e outro em baixo da contracapa, e introduza o elástico que fechará a agenda. 

Fonte de informação:
Revista Você Faz

Nenhum comentário: