Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

domingo, 29 de março de 2009

Procuram-se professores desesperadamente - escrito em out doors pelo Brasil



Venho imaginando quando surgirão cartazes semelhantes em nossas cidades, diante do descrédito, das críticas aos professores e da escassez de candidatos a cursos de pedagogia e licenciaturas em universidades do país. 

“Meu filho, professor? Deus me livre! – dizem as famílias. Cinismo de muitas que deixam, cada vez mais, a educação de suas crianças e jovens sob inteira responsabilidade dos mesmos profissionais a quem tanto contestam. Que esperam (e muitas vezes exigem) que sejam compreensivos, pacientes, bondosos, humanos, competentes, alegres, comunicativos, honrados, imparciais, democráticos... Mas permanecem céticos ou indiferentes diante de suas reivindicações e questões profissionais.

Os professores brasileiros têm muita garra e ousadia em ousar ser, em continuar a ser professores. Viajo por muitos lugares. Não acredito no que vejo. Estradas esburacadas por onde circulam noite e dia; escolas e salas de aula sujas, atrolhadas de alunos, “maltrapilhas”; uma indescritível falta de recursos para dar conta de sua “grande tarefa de ensinar”. Em algumas ocasiões me falta o fôlego diante dos problemas que fazem parte do seu dia-a-dia. Para eles, todo dia. 

Quem se preocupa, dentre os vários segmentos da sociedade, em revalorizar, em qualificar a “profissão professor” como o fizeram as nações que obtiveram êxito em suas reformas educativas? 

É urgente recuperar a imagem, devolver nos o orgulho de uma profissão imprescindível a qualquer sociedade culta e democrática. Não estou falando apenas de maiores salários ou de melhor formação. Revalorização da imagem é questão de respeito e de dignidade. 

O desânimo começa a tomar conta de muitos. Em pouco tempo de nada valerão, até mesmo, campanhas, melhores salários, prêmios de incentivo a esta profissão. Nossos netos já correm um sério risco de não ter escolas. Um risco ainda mais sério de não contar com bons professores. 

Ninguém se surpreenda se cruzar por aí, em breve, com algum outdoor com os dizeres: “Procuram-se professores desesperadamente!”

Um comentário:

Meg disse...

Você me autoriza a copiar esse texto e colocar no meu blog?
Obrigada
Magali megt@oi.com.br