Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

quarta-feira, 29 de abril de 2009

O Sapo e a Cobra- Lenda Africana - O valor da amizade-



Era uma vez um sapinho que encontrou um bicho comprido, fino, brilhante e colorido deitado no caminho.

- Alô! Que é que você está fazendo estirada na estrada?

- Estou me esquentando aqui no sol. Sou uma cobrinha, e você?

- Um sapo. Vamos brincar?

E eles brincaram a manhã toda no mato.

- Vou ensinar você a pular.

E eles pularam a tarde toda pela estrada.

- Vou ensinar você a subir na árvore se enroscando e deslizando pelo tronco.

Eles subiram. Ficaram com fome e foram embora, cada um para sua casa, prometendo se encontrar no dia seguinte.

- Obrigada por me ensinar a pular.

- Obrigado por me ensinar a subir na árvore.

Em casa, o sapinho mostrou à mãe que sabia rastejar.

- Quem ensinou isso para você?

- A cobra, minha amiga.

- Você não sabe que a família Cobra não é gente boa? Eles têm veneno. Você está proibido de brincar com cobras. E também de rastejar por aí. Não fica bem.

Em casa, a cobrinha mostrou à mãe que sabia pular.

- Quem ensinou isso para você?

- O sapo, meu amigo.

- Que besteira! Você não sabe que a gente nunca se deu bem com a família Sapo? Da próxima vez, agarre o sapo e... Bom apetite! E pare de pular. Nós cobras não fazemos isso.

No dia seguinte, cada um ficou na sua.

- Acho que não posso rastejar com você hoje.

A cobrinha olhou, lembrou do conselho da mãe e pensou: "Se ele chegar perto eu pulo e devoro ele. "

Mas lembrou-se da alegria da véspera e dos pulos que aprendeu com o sapinho.

Suspirou e deslizou para o mato.

Daquele dia em diante, o sapinho e a cobrinha não brincaram mais juntos.

Mas ficavam sempre no sol, pensando no único dia em que foram amigos.

 

6 comentários:

Natural Naturalmente disse...

Quantas vezes um único dia não faz toda a diferença....

caldodecultura disse...

Já tentaram me comer, no bom sentido... Não prestou!
A amizades também tem seus limites, que alguns não sabem respeitar.

Bia disse...

Xenia,

Que fábula maravilhosa!

Vou criar uma pasta só pra arquivar esses maravilhosos textos que vc tem postado!

Muito boa a moral desse texto, traz um belo ensinamento!

Abração com carinho,

Bia

MAURICIO FERRAZ disse...

Amiga xenia, sem pleonasmo, sua fabula é fabulosa, acho que amizade verdadeira e pérola negra, ou seja, rara e valiosa,creio que sua mãe não lhe proibiu brincar com cobras, nem tão pouco ter mêdo de ser comida por elas,kkkk parece ironia, mas não é, pois, tenho visto, você enfrenta-las e conquista-las com maestria...
Um grande beijo
Mauricio ferraz

Carol Cunha disse...

Por isso admiro as crianças..elas são tão espontâneas no seus relacionamentos.nós adultos precisaríamos algumas vezes ver o mundo através desse olhar..tudo seria mais sincero..sem preconceitos..bju..lindo post

Xênia da Matta disse...

Obrigada, amigos pelos comentários, bjux e muito sucesso a todos vocês...