Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Você de Volta... será?

Vendo o clipe da música "Você de volta", de Maria Cecília e Rodolfo fiquei pensando um monte de coisas... Por que o pensamento é pássaro livre no espaço, tamborila voa alto, dá rasantes, vai de ponta cabeça, dá piruetas... Eta!
Por que eu busquei esse clipe? Estaria eu arrependida ou querendo voltar com algum ex?
Vixe, sinto muito em decepcioná los... rrss, isso é obra de uma criança que fica na escolinha Tia Nina na parte da manhã, chamado Guilherme, de 10 anos.
Eu adoro as crianças, e gosto mais ainda de conversar com elas. Hoje eu e o Guilherme tivemos um papo assim: 
- Tia, você tem Internet na sua casa, né?
_ Tenho sim, Guilherme, você precisa de alguma coisa? - perguntei pensando ser uma pesquisa escolar, etc. Ele me surpreendeu e disse:
- Sabe, tia, eu estou apaixonado demais, a minha mulher me deixou.(estranho, né, agora os meninos se referem a namorada como mulher, mesmo sendo crianças) Você pode arranjar pra mim aquela música da Maria Cecília e Rodolfo?- disse pensando que eu até já sabia qual era, rrss.
- Qual música é, Guilherme?
- Brinca, não, tia, você não conhece, aquela que fala assim: Tudo que eu quero é você de volta, tô te esperando, vem bater na minha porta...
Então, saí de lá e fui na captura da música. Achei fácil, parece que só eu não conhecia a tal da música, rrss.
Assisti ao clipe para ver se continha alguma cena imprópria para uma criança de 10 anos que "perdeu a mulher". Ufa! Não tem.
Então, eu como sou muito crítica, comecei a pensar nos relacionamentos entre homens e mulheres. Não em crianças como meu amiguinho Guilherme, mas, em pessoas adultas que se separam, e depois ficam se lastimando pela vida a fora, tal qual na canção acima.
Me deu muita vontade de escrever sobre isso. Tenho  várias ponderações a fazer sobre essa questão, mas, a principal delas é: TUDO QUE EU QUERO É VOCÊ DE VOLTA!

Isso soa aos meus ouvidos como uma enorme carência afetiva e uma baixa estima muito grande. Não é possível que alguém faça a opção de sair de um relacionamento para querê lo de volta com toda força e veemência de sua alma. Eu não quero  acreditar  que exista pessoas assim tão imaturas. Mas, existe, não é? Tanto que a música é um sucesso na mídia. 

Eu posso me arrepender de coisas que  não fiz, mas, nunca de coisas que fiz. Quando se vive um relacionamento intensamente há de se pensar os prós e os contras antes de tomar uma atitude. Depois de tomada uma decisão ela devia ser definitiva. 
Não estou fazendo apologia da intransigência, da falta de flexibilidade. Mas, estou ponderando e apontando  o por que que tantas pessoas se transformam em joguetes de seus "amantes" ou amores.
O segredo reside justamente na falta de firmeza de conduta, de seriedade nas atitudes e decisões. Com sentimento a gente não brinca, não põe a prova, não se arrisca, se houver uma pequena chance de reviver esse amor, então fique. Não saia só para implorar a volta. Isso o deixará muito vulnerável perante o outro. Ame mais a si mesmo e se valorize. 
Posso estar na contra-mão, talvez muitos não concordem com esse meu ponto de vista, mas pra mim, tudo é pesado e medido antes da decisão. Depois de decidido, o melhor a fazer é seguir em frente com a cabeça erguida e olhos para o futuro.
A vida é um tesouro grandioso, cheio de surpresas lindas. E quando "perdemos" algo que desejávamos tanto e por que com certeza Deus tem algo muito melhor a nos oferecer.
Minha mãe sempre me disse: - Filha, não há bem que sempre dure e nem mal que nunca se acabe!
Pense nisso e coloque um grande sorriso nos lábios e viva sua vida intensamente, sem lamentar o passado.
Bem como promessa é dívida amanhã levarei pro meu garoto apaixonado o vídeo para que ele possa curtir sua dor de amor, afinal ele está descobrindo a vida agora, e tem perdas que são necessárias e nos fazem crescer muito. Bjux e sucesso

Nenhum comentário: