Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

As letras K, W e Y são consideradas consoantes ou vogais?



Conforme o novo acordo ortográfico da Língua Portuguesa, as letras K, W e Y foram incluídas no alfabeto e obedecem às regras gerais que caracterizam consoantes e vogais. Do ponto de vista fonético-fonológico, consoante é um fonema pronunciado com a interrupção do ar feita por dentes, língua ou lábios. Já a vogal é um fonema pronunciado com a passagem livre do ar pela boca. Outra distinção entre um grupo e outro de letras recai sobre a pronúncia: a consoante precisa de uma vogal para formar sílabas e ser pronunciada, e a vogal, não. Ela se basta. 

Seguindo essas regras, o Y é uma vogal, já que foi traduzido do alfabeto grego como I e mantém esse som nas palavras em que é usado, como em ioga. Quando aportuguesada, a palavra originalmente grafada com Y passa a ser grafada com I - como em iene, moeda japonesa. O K corresponde, em português, ao som do C ou QU - como vemos em Kuait -, sendo considerado consoante. Já o W deve ser empregado de acordo com sua pronúncia na língua original, isto é, ora com som de V, quando proveniente do alemão (como Wagner), ora com som de U, quando de origem inglesa (caso de web). Com isso, a letra W é considerada consoante ou vogal, conforme o uso.


3 comentários:

Anônimo disse...

Como podemos ver no seu artigo o acordo ortográfico trouxe questões que não existiam antes. Como já não bastasse as milhares de regras do nosso código secreto "língua portuguesa", teremos que reaprender o velho e conhecido: A, E, I, O, U.

No mais, posso dizer que foi elucidador seu artigo. Parabéns.

Erivan Cerqueira
http://raiai.com.br

Márlon Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Márlon Silva disse...

Nossa, nem tinha reparado para pensar nisso!


Parabéns pelo post!