Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Isso é o cúmulo do absurdo: Mulher de 48 anos é estuprada pelo próprio filho...




É realmente assustador pensar que chegamos a extremos como esse descrito pela reportagem abaixo.
Eu pensei que nada mais me chocaria, mas, fiquei horrorizada ao imaginar uma cena como essa acontecendo em uma família. Coisa de filme de terror na minha opinião.
E por que será que essas cenas acontecem? Onde está a falha? Seria a educação desse filho? Seria um desvio de personalidade, uma tara, seria ele um maníaco?
Nada disso, ele mesmo respondeu: "André tentou justificar a barbárie, afirmando que não considera a vítima como sua mãe."
A cada dia me convenço mais que precisamos somar esforços e nos unir para que a falta de valores não destrua ainda mais a sociedade como um todo.


Leia a reportagem:

Mulher de 48 anos é estuprada pelo próprio filho na Capital

A barbárie ocorreu durante a madrugada de ontem, no conjunto Alfhaville, setor Norte.

Um jovem de 21 anos de idade foi encaminhado à Delegacia Central de Porto Velho sob acusação de ter estuprado a própria mãe, de 48 anos. A barbárie ocorreu durante a madrugada de ontem, no conjunto Alfhaville, setor Norte da cidade. De acordo com a polícia, André Sartunínio de Paulo Afonso estaria sob efeito de entorpecentes e usou uma faca para ameaçar a mãe. 


A mulher disse que o filho é viciado em droga e que começou a ingerir bebidas alcoólicas e consumir entorpecente com alguns amigos. Descontente com a situação do filho, a vítima foi buscá-lo e disse que insistiu muito para que o rapaz fosse para casa com ela. Depois de muita insistência – conta a vítima – André Sartunínio aceitou ir para casa. 


No entanto, ao chegarem à residência André pegou uma faca e passou a ameaçar a mãe, exigindo que ela tirasse a roupa. A vítima começou a chorar e implorar para que o próprio filho não a abusasse sexualmente. O infrator levou a mãe para o quarto, tirou as roupas dela e a estuprou. Durante o crime a vítima foi enforcada para não gritar. Depois de consumar a barbárie André saiu para ir ao encontro dos amigos com quem ingeria bebida alcoólica. 


A mulher chamou a polícia e denunciou o maníaco, que foi localizado na avenida Rio Madeira, nas proximidades de sua casa. Na abordagem o rapaz negou o estupro, mas depois acabou confessando a brutalidade sexual. 


Na Central de Polícia a mulher disse que o filho é usuário de droga desde os 14 anos de idade. Afirmou também que o garoto tem costume de lhe bater, porém, nunca tinha tentado abusá-la sexualmente. André tentou justificar a barbárie, afirmando que não considera a vítima como sua mãe. André já tinha passagem na polícia por agressão à mãe e por consumo de entorpecente.

Notícia retirada de : http://idhalinews.no.comunidades.net

10 comentários:

ciprisla disse...

É com tristeza, mas digo que, nada mais me assusta nesse mundo.

Pensador Louco disse...

Absurdo, simplesmente absurdo. É uma medida eficiente para mostrar o quanto tudo está saindo de qualquer parâmetro.

Rodrigo Piva disse...

Que isso. Lamentável. Uma pena o ser humano se superar a cada dia, no mal sentido. Triste.

eliel disse...

pelo amor de deus, isso é um absurdo o que aconteceu com essa mãe, ser estuprada pelo proprio filho, quando ele consegui um advagado ele vai dizer que o cara tava sobre o enfeito da maltida droga, vai pra um centro de reabilitação. e vai ficar por isso mesmo porque tem que mudar o codigo penal brasileiro urgentimente.

Vera disse...

Nada mais é absurdo para quem usa drogas. Eles perdem a noção de limites e de moralidade. Pior ainda são pais (e mães também) que abusam sexualmente de seus filhos, dia após dia, sem usar nenhum estimulante como álccol ou drogas mais pesadas. São doentes e se passam por pessoas normais, quase ninguém desconfia e geram adultos com sérios distúrbios psíquicos que são arrastados para a criminalidade ou repetição do comportamneto, como forma de vingança e desabafo de seus traumas. E maior absurdo, é a impunidade, como disse o Eliel!
Bjs

Mikasmi disse...

É arrepiante. A droga leva a actos incriveis.

Sissym disse...

Xenia, quer saber? Eu acho que este tipo de crime hediondo tem aos montes e não são divulgados. De vez em quando aparecem notícias escabrosas como esta. Lamentável.... essa mãe nunca esquecerá tamanha decepção!

Anônimo disse...

esse cara é louco, alem de beber estrupar a mae sai bebe ainda com os amigos. mas hj em dia existe muitos filhos assim, pois é a propria sociedade q cria e depois ker achar uma maneira de corrigir!
so acho q cadeia pra esse cara é pouco, nesse momento gostaria de estar no EUA assim a pena dele seria a cadeira eletrica! =]

Ebrael Shaddai disse...

Sabe o q esse cara vai ter qdo chegar à penitenciária e souberem q ele estuprou a própria mãe??

Acho q todo mundo já sabe...se a vassoura não quebrar, olê, olê, olá...

As mães e os pais têm q trabalhar...e os filhos ficariam parte do dia aos cuidados do Estado, nas escolas. Mas onde estão as escolas, em q estado estão as escolas, que nota darmos ao ensino no Brasil???

Rê(bonellinha) disse...

Muito triste..sem palavras, mas fiquei nuito chocada, muito mesmo!!!

bj