Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

domingo, 18 de outubro de 2009

Lição de solidariedade para nós: professores animais !


Em nossos dias temos assistido a tantas cenas de violência explícita que chegamos até a acreditar que não há mais esperança para o mundo em que vivemos. Mas, hoje, vendo essa notícia no G1, percebo que DEUS insiste em nos mostrar que é possível respeitar as diferenças individuais, que é possível superar nossos limites e até mesmo controlar nossos instintos naturais de repulsa e exclusão. E, por incrível que pareça esta lição nos é dada pela própria natureza através de animais, que apesar de não possuírem raciocínio, são solidários com outras espécies. 


Veja lista de nove cenas curiosas de animais solidários


Neste mês, uma gata tem chamado atenção por amamentar um cãozinho órfão da raça Chihuahua em Phoenix (EUA). Abaixo listamos outros oito casos de solidariedade animal. Há, por exemplo, flagrantes de cadelas amamentando gatinhos, porquinhos e leopardos.


Foto: Wichai Taprieu/AP
Cadela chamada ‘Coffee’ amamenta um gatinho órfão de três meses de idade em uma
casa na província de Chiang Mai, na Tailândia. A cena foi flagrada por fotógrafo da agência ‘Associated Press’ em 30 de agosto. (Foto: Wichai Taprieu/AP)

Foto: Reuters

No ano passado, uma cadela amamentou, além do próprio filhote, dois 

pequenos 

tigres siberianos na China. A mãe dos felinos não pôde cuidar deles 

depois de dá-los à luz. (Foto: Reuters)

Foto: Reuters

Jila, uma gata de apenas dez dias, foi ‘adotada’ pela cadela Granpong, de um ano

, na província 

tailandesa de Ayutthaya. A cena foi flagrada em setembro de 2008. (Foto: Reuters)


Foto: Arben Celi/Reuters

Gata amamenta em maio de 2007 cãezinhos órfãos na cidade de Mamurras, que 

fica a 50 quilômetros de Tirana, na Albânia. (Foto: Arben Celi/Reuters)


Foto: AP

Cadela amamenta dois filhotes de panda-vermelho em julho deste ano em zoológico 

na cidade chinesa de Taiyuan, na província de Shanxi. Os filhotes foram 

abandonados 

pela mãe depois do nascimento e só estão sobrevivendo por conta do leite e 

do carinho da 'mãe adotiva'. (Foto: AP)


Foto: Scott Mason/AP

Honey, de 7 anos, amamenta o pequeno Precious em outubro de 2007 em 

uma casa em Stephens City, na Virgínia (EUA). O cão da raça golden 

retriever passou por uma situação inusitada após não conseguir dar cria:

 depois do dono dela, Jimmy Martin, trazer para casa um pequeno

 gatinho, a cachorrinha passou a produzir leite e alimentar o felino. 

(Foto: Scott Mason/AP)




5 comentários:

Catarino disse...

Os animais seguem os instintos e não cobram nada por sua boas ações, já os humanos sempre querem saber quanto vão levar nisso.

Lilian Marques disse...

Se nós prestássemos mais atenção á natureza viveríamos bem melhor, não tenho dúvidas!

Xênia, não faço comentários aqui porém acompanho seus posts. Tomei a liberdade de indicar este blog para receber um selo!

Boa semana!

Rosana Madjarof disse...

Xenia, minha amiga!

Impossível não se emocionar com cenas tão maravilhosas como estas.

Os animais demonstram um amor que, muitas vezes, o próprio ser humano não demonstra e nem tem.

E todos os dias vemos cenas chocantes de mães que jogam seus bebês na lata do lixo, abandonam seus filhos em qualquer canto para que sucumbam até a morte...

É maravilhoso tudo isso, e só temos que agradecer a Deus por nos mostrar que o amor transcende todas as razões que a própria razão desconhece, pois o ser apelidado de irracional, na maioria das vezes é o mais racional de todos.

Lindo amiga.

Parabéns!

Beijos no coração.

Rosana.

EternoAprendiz disse...

As cenas deixam claro como a solidariedade humana é pequena. Na maioria das vezes ela acontece como forma de promover algo ou alguma coisa. É o que Catarino disse, o homem sempre espera receber algo em troca.
A natureza já tem nos dado várias chances de nos mostrarmos SERES HUMANOS. Belo post Xênia.
Tem um selinho pra ti no meu blog.
Beijos!!!!

Xênia da Matta disse...

A grande lição de solidariedade dada pela natureza devia deixar muita gente envergonhada, né?
Obrigada pelos comentários, moçada!
Bjux e sucesso!