Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Jogos e brincadeiras antigas

Alguém de fora dos grupos dá um sinal para começar a partida. Ele será também o juiz que fiscalizará o jogo de forças.
Os participantes devem puxar a corda, até que uma das equipes ultrapasse a linha no chão.

Serão vencedores aqueles que puxarem toda a equipe adversária para o seu espaço.

Alguém de fora dos grupos dá um sinal para começar a partida. Ele será também o juiz que fiscalizará o jogo de forças.
Os participantes devem puxar a corda, até que uma das equipes ultrapasse a linha no chão.

Serão vencedores aqueles que puxarem toda a equipe adversária para o seu espaço.

Barra-manteiga
Brincar é bom, então chame sua turma para participar dessa brincadeira!

Vocês podem brincar de "barra-manteiga" em um quintal, uma praça ou o pátio da escola. O espaço precisa ser dividido em três partes conforme o desenho ao lado.

As crianças devem ser divididas em duas equipes, sendo que uma equipe fica de frente para a outra. Os participantes de cada equipe ficam um ao lado do outro e com a palma de uma das mãos virada para cima.

As equipes ficam posicionadas nos campos 1 e 3 e o campo 2 é o espaço para correr.
A brincadeira começa quando um participante vai até a equipe adversária e bate com uma mão na mão de um dos participantes da outra equipe. A criança que bateu sai correndo para a sua equipe enquanto é perseguida pelo adversário. Caso o que bateu seja pego passa a jogar na outra equipe.

Vence o time que pegar todos os adversários.




Batata-quente
Você algum dia segurou uma "batata-quente" na mão? Nem tente, porque é perigoso e pode queimar você! É essa a idéia dessa brincadeira. Uma bola vai ser a "batata-quente" que ninguém quer segurar por muito tempo.

Vocês precisam arranjar a bola e formar uma roda, deixando uma criança do lado de fora.

Os participantes, então, devem ir passando a bola para a pessoa que estiver do seu lado direito. É melhor passar a bola bem rápido, você vai perceber por quê.
Quem está do lado de fora diz: "Batata-quente, quente, quente, quente...queimou". Quando for dito "queimou", aquele que estiver com a bola na mão é desclassificado. A brincadeira continua até que sobre apenas uma pessoa, que é o vencedor.

Para recomeçar a brincadeira, as crianças devem formar o círculo novamente e o vencedor da rodada anterior deve ficar do lado de fora.



Jogo de bolinha de gude
É muito bom brincar de bolinha de gude. Reuna seus colegas para essa diversão!
Há muitas maneiras de jogar. Aqui, vocês aprenderão uma delas.

Primeiro, façam um círculo no chão com aproximadamente trinta centímetros de diâmetro. A partir dele dê um passo e risque uma linha. A seguir, dividam as bolinhas de gude entre os jogadores. Todos devem receber a mesma quantidade.

Sorteie quem será o primeiro jogador. Com a mão sobre a linha marcada, ele deve jogar uma de suas bolinhas tentando deixá-la bem perto do círculo, mas sem que ela pare dentro dele. Esta rodada acaba quando todos jogarem uma bolinha.

Nas rodadas seguintes cada jogador poderá tentar jogar suas bolinhas o mais próximo possível do círculo ou empurrar as bolinhas dos adversários para longe dele.

O jogo termina quando todas as bolinhas forem arremessadas e o ganhador é aquele que tiver deixado a sua mais perto do círculo.
OBS: Para jogar a bolinha, vocês devem segurá-la com o dedo indicador e impulsioná-la por baixo com o polegar, conforme a figura ao lado.




Cabo-de-guerra
Você conhece uma expressão que diz: " A união faz a força"? Com esta brincadeira você e seus amigos vão testar quem tem mais força e mais união.

Para brincar de "cabo-de-guerra", vocês precisarão de uma corda.

Primeiro, escolham um espaço e tracem uma linha no chão para dividi-lo ao meio.

As crianças devem ser separadas em dois times, sendo que cada time fica com um lado do espaço. Os participantes ficam em fila e todos seguram na corda. Posicionem a corda conforme o desenho ao lado.


Alguém de fora dos grupos dá um sinal para começar a partida. Ele será também o juiz que fiscalizará o jogo de forças.
Os participantes devem puxar a corda, até que uma das equipes ultrapasse a linha no chão.

Serão vencedores aqueles que puxarem toda a equipe adversária para o seu espaço.










Jogo da bexiga

Sugestão enviada por: Talita Sabrina de Souza , 12 e Ynaiã Leal Rupert, 12.
Hora de se divertir e de se molhar! Essa brincadeira é muito divertida para se fazer na praia ou em algum lugar onde possa cair água.
Façam uma roda e encham bexigas com água.
As crianças devem ir passando a bexiga bem rápido para o colega que estiver do lado direito, este deve pegar a bexiga com cuidado para que ela não estoure.
Quem estourar a bexiga sai do jogo. A brincadeira continua até que sobre uma criança, que é a vencedora.


Mordida na maçã
Que tal morder uma maçã bem gostosa?

Cada participante deve encher uma bacia com água e colocar três maçãs dentro.
Antes da brincadeira começar, todos devem colocar as mãos para trás e ficar diante de sua bacia. Quando for dado o sinal para começar, cada um deve tentar morder qualquer uma de suas maçãs. Se alguém usar as mãos, será desclassificado.

Vence quem morder a maçã primeiro.


Passa-anel
Há muito tempo crianças brincam de "passa-anel". Essa brincadeira fica mais divertida quando tem bastante gente participando. Para brincar vocês precisarão de algum objeto pequeno, que pode ser um anel, uma pedrinha, uma moeda, etc.

Antes de começar a brincadeira, vocês precisam escolher uma criança para ser o passador do anel e outra para ser o adivinhador. Todas as crianças, menos o passador, devem formar uma fileira e unir as mãos, palma com palma.

O passador pega o anel, esconde-o entre as palmas das mãos e vai passando-as no meio das mãos dos outros. Depois de fazer isso com todas as crianças da fila, o passador pergunta ao adivinhador: "Com quem está o anel?"

Se o adivinhador acertar com quem está, ele será o próximo passador e deverá escolher quem será o adivinhador.

Uma dica: quando o passador finge que está deixando o anel com uma pessoa e, na verdade, deixa-o na mão de uma outra, a brincadeira fica muito mais divertida. As pessoas que estão na fila também podem fingir que receberam o anel, pois assim fica mais difícil de adivinhar com quem ele realmente está.


Queimada
Você já brincou de "queimada"? Chame sua turma, mas não vale machucar ninguém!
Primeiro, escolham um espaço grande e tracem linhas conforme o desenho ao lado. As crianças devem ser divididas em dois times, sendo que cada um fica em um lado do espaço. Atrás de cada time, fica o cemitério do time adversário.

Para começar a brincadeira, os jogadores de um grupo atiram a bola no outro lado, usando apenas as mãos e sem pisar na linha do meio. Se a bola acertar alguém do outro grupo, o participante foi "queimado", então ele deve ir para o cemitério de seu time.

Os jogadores que estiverem no cemitério também podem pegar a bola e tentar queimar os adversários.

Um detalhe muito importante: nenhum jogador pode atravessar as linhas para pegar a bola no campo adversário.

Lembre-se de que cabeça é região neutra, ou seja, se alguém for atingido nessa parte do corpo não vai para o cemitério. Caso algum participante apenas rebata a bola com as mãos sem segurá-la ele deve ser considerado "queimado".

A equipe vencedora será aquela que queimar todas as crianças da outra equipe.





Quente e frio
Agora vamos brincar de "quente e frio"!

Para começar, vocês precisam escolher um espaço relativamente pequeno: um cômodo da casa, uma pracinha pequena, uma sala de aula, etc. Depois, escolham um líder, que deve esconder um objeto em algum lugar do espaço escolhido, sem que ninguém esteja olhando.
Em seguida, o líder deve chamar uma outra criança para tentar achar o objeto.
Conforme a criança vai andando, o líder vai dando pistas. Por exemplo, se a criança estiver mais ou menos perto do objeto, o líder diz: "Está quente". Se estiver muito perto, ele diz: "Está fervendo!". Se a criança estiver longe, o líder diz: "Está frio" e se estiver muito longe, ele diz: "Está congelando!"

Vence quem encontrar o objeto.



Vivo ou morto
Divirta-se e agite a sua turminha brincando de "vivo ou morto".
A primeira coisa a fazer é escolher alguém para ser o chefe. As outras crianças devem ficar em pé, uma ao lado da outra, olhando para o chefe. Ele vai dar ordens e os outros vão seguí-las.

Quando o chefe diz "vivo", todos ficam em pé. Quando ele diz "morto", todos agacham. Aqueles que errarem, saem da brincadeira.

Para deixar a brincadeira mais difícil e mais engraçada o chefe pode dar ordens bem depressa e alternar a seqüência das palavras como: "vivo, vivo, morto, vivo".

Vence quem ficar até o final sem errar.
O vencedor será o chefe da próxima vez.



Esconde-esconde

Sugestão enviada por: Pedro Paulo, 11 e Nathália Gonçalves Raposa, 9.

Esta é uma brincadeira legal que deve ser feita ao ar livre. Jardins, praças e parques são lugares ideais, porque neles pode-se descobrir muitos esconderijos. Outra coisa gostosa do esconde-esconde é que a gente pode brincar com poucos ou muitos amigos.

Para começar, é preciso escolher quem vai ser o pegador e onde será o pique. Esse lugar pode ser uma árvore ou uma parede.

O pegador fica de olhos fechados e, com o rosto encostado no pique, deve contar de 1 até 30 enquanto as outras crianças se escondem. Após a contagem, o pegador sai procurando quem está escondido. Caso encontre alguém, ele retorna ao pique, bate três vezes, diz "Um, dois, três" e o nome da criança encontrada.

Enquanto isso, quem está escondido tem de chegar até o pique antes do pegador. Chegando lá, bate três vezes com a mão e diz "Um, dois, três, salva". Isso quer dizer que ele não pode mais ser pego.

O primeiro que for encontrado será o próximo pegador, mas, se o último que estiver escondido chegar ao pique e bater três vezes dizendo "Um, dois, três, salva todos", a brincadeira recomeça com o mesmo pegador.



Corre-cotia
Sugestão enviada por: Manuela Geraldo Gimenez, 6.
Muitas crianças brincam de "corre-cotia"! Agora é a sua vez.

Esta brincadeira é legal para fazer na escola. Junte um grupo de amigos. Todos devem ficar sentados no chão, formando um círculo.

Escolha uma pessoa para ser o corredor. Enquanto ele anda do lado de fora do círculo com um lenço na mão, todos cantam:

"Corre-cotia na casa da tia.
Corre cipó na casa da vó.
Lencinho na mão, caiu no chão.
Moça bonita do meu do meu coração".
Em seguida, vocês devem fazer o seguinte diálogo:
CORREDOR - Pode jogar?
TODOS - Pode, sim.
CORREDOR - Ninguém vai olhar?
TODOS - Não!
Ao dizer "Não!", todos devem abaixar a cabeça, tampando os olhos.
corredor coloca o lencinho atrás de uma criança que está sentada e continua andando.

Cada criança da roda deve verificar se o lenço foi deixado atrás de si logo após a passagem do corredor. Quem estiver com o lenço deve segurá-lo e , por fora do círculo, tentar pegar o corredor. Este tenta chegar e sentar-se no local de onde saiu a criança com o lenço. Veja a figura ao lado.

A brincadeira recomeça com aquele que ficou de pé ou com o mesmo corredor, caso ele tenha sido pego.



Cabra-cega
Sugestão enviada por: Thabata de Carvalho Tikhomiroff , 6.

Você conhece a brincadeira "cabra-cega"? É uma brincadeira muito divertida para ser feita em grupo. Para começar, é preciso fazer um sorteio para decidir quem vai ser a cabra-cega.
O escolhido deve ficar com os olhos vendados. Para isso, é preciso amarrar na altura dos olhos um lenço, uma faixa, um pano grande ou qualquer outro tecido que o impeça de ver.

Vocês devem fazer o seguinte diálogo:
TODOS - Cabra-cega, de onde vieste?
CABRA-CEGA - Do quartel.
TODOS - O que trouxeste: ouro ou prata?
CABRA-CEGA - Prata.
TODOS - Coma casca de barata!
Depois disso, um de vocês dá uma batida na cabra-cega e diz: "Vai procurar quem te bateu!". Então, todos correm e a cabra-cega tenta pegá-los. O primeiro que for pego será a cabra-cega na próxima vez.










Nenhum comentário: