Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Afinal, o que é o Natal?




Histórico 



O Natal é uma data comemorada de diversas formas e por razões diferentes, conforme os povos ou religiões. O Brasil, por ser um país de tradição cristã, celebra o Natal em homenagem ao nascimento de Jesus Cristo. Mas o costume de se fazer uma festa nessa época do ano é de tempos ainda mais remotos.

     Na antigüidade, mesopotâmicos, persas, babilônicos, gregos e romanos, em diferentes épocas da história, realizavam festejos em homenagem a seus deuses. Geralmente o dia 25 de dezembro era o ponto central desses festivais, por ser o solstício de inverno. Ou seja, era o dia do ano em que o sol se encontrava mais fraco. A partir desse dia, haveria mais sol e seria um tempo de recomeço e de crescimento.

     Por essa simbologia e pela tradição já existente entre os povos antigos, os cristãos, após a cristianização de Roma, passaram a comemorar no dia 25 de dezembro o nascimento de Jesus. Hoje sabe-se que é mais provável que ele tenha nascido próximo de abril, mas o costume continuou.

     O Natal é um dos eventos que mais utiliza símbolos em suas comemorações. Vejamos alguns deles:
A árvore de Natal passou a ser utilizada como objeto de decoração, mas também por representar a vida, o recomeço, a alegria, a paz e a esperança.

     O presépio é o cenário do nascimento de Jesus. O bebê, colocado em uma manjedoura (segundo os relatos dos evangelistas), rodeado por Maria e José, seus pais, os animais do estábulo, os pastores, os anjos e os magos, que vieram do Oriente para homenagear o grande Rei que estava nascendo.

     Os magos serviram de inspiração para outro forte símbolo natalino: o Papai Noel. O costume de dar presentes teria surgido no século 4, com o bispo Nicolau, nascido na Turquia. O precursor do “bom velhinho” distribuía moedas aos pobres e necessitados. No entanto apenas muitos séculos depois, na Alemanha, a atitude de São Nicolau foi relacionada ao Natal. Essa figura, com roupas de inverno, marrons, espalhou-se rapidamente pelo mundo todo. As roupas vermelhas, as botas pretas e o gorro com pompom branco na ponta surgiram em um anúncio publicitário da Coca-Cola, em 1881, que utilizou suas cores (vermelho e branco) para representar o Papai Noel. A nova figura popularizou-se, sendo utilizada até hoje.

     Outro dado importante do Natal é que a comemoração dos cristãos marcou o ano um da história do Ocidente, fazendo com que usemos as formas a.C. (antes de Cristo) e d.C. (depois de Cristo) para marcar os anos.

Nenhum comentário: