Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Eu tô feliz com o vale-night

Vem de Salvador a promessa de conciliar o que parecia impossível: permitir aos foliões pularem o Carnaval e a cerca ao mesmo tempo. E sem prejuízos aos namoros, casórios, relacionamentos vai-e-vem ou coisa do tipo. Uia!

Quem lançou o produto e garante que funciona é a banda Asa de Águia, na música Vale Night. Consiste em um "ok" do(a) parceiro(a) para o outro fazer... bem, fazer quem ele(a) quiser fazer, desde que volte no dia seguinte.

Se funciona ou não, só o tempo e os advogados especializados em divórcios dirão. Pra quem quis testar a eficácia do vale por conta e risco, segue a letra.

Vale Night (Asa de Águia)

Vale Night, o passaporte da folia
Encontrei a solução pra essa agonia,
Peça o seu vale night caia na folia

Olha aqui, você não se ache, você não me alugue
você não me acabe não
Diga ai, não tem quem aguente
Sou muito decente, acho que mereço então
Oh meu bem, é muito trabalho, na semana inteira
Quero só meu dia de paz
Encontrei a solução pra essa agonia
Peça o seu vale night, caia na folia
Ela me deu o vale night
Eu precisei do vale night
Eu andava todo estressado
agora a coisa mudou
Ela meu deu o vale night
Eu precisei do vale night
Vem curtir agora o novo lance
a galera pirou
A gente precisa de uma saída afinal
A festa com o vale night
Abalou geral

Ela me deu o vale night
Eu precisei do vale night
Eu andava todo estressado
agora a coisa mudou
Ela meu deu o vale night
Eu precisei do vale night
Vem curtir agora o novo lance
a galera pirou

Quem tá solteiro, continua solteiro
Quem tá casado, continua casado
Quem tá ficando, continua ficando
Mas o vale night é um direito do povo
Encontrei a solução pra essa agonia
Peça o seu vale night caia na folia
Ela me deu o vale night
Eu precisei do vale night
Eu andava todo estressado
agora a coisa mudou
Ela meu deu o vale night
Eu precisei do vale night
Vem curtir agora o novo lance
a galera pirou
Ela me deu o vale night

Vendo essa nova onda do carnaval de Salvador, fico pensando... Que tipo de cidadãos estamos formando? Onde estão os valores humanos e as virtudes que já andavam esquecidas?

Nos dias de hoje, por incrível que pareça, namorar é considerado meio fora de moda, coisa antiga, e até mesmo, careta.  Ninguém quer assumir compromissos e responsabilidades. É que tem o "ficar"... em que tudo parece muito mais fácil, certo? Nem tanto. No “ficar”, as pessoas se encontram, se atraem e sem sequer se conhecerem acabam trocando uns beijinhos e abraços. Não dão satisfações umas para as outras, e, na maioria das vezes, não chegam a dizer uma única palavra.
Ficar acaba sendo atraente para os jovens, que imaginam ser possível curtir apenas o lado bom de namorar. Nada de responsabilidades, cobranças e obrigações. Aí, o hábito de ficar acaba substituindo o namoro, e a maioria dos meninos e meninas prefere apenas trocar alguns carinhos a “encarar um lance mais sério”. O problema é que às vezes bate uma carência, uma vontade de ter alguém...

A estudante Ana Lúcia Nascimento, de 18 anos, garante que não há nada contra as pessoas que só ficam, mas sempre chega o momento em que a pessoa quer sentir o gostinho de ter um alguém só seu.

— A pessoa que “fica” sempre, nunca se envolve com ninguém. Aí acaba sendo natural sentir vontade de ter alguém com quem sair, conversar, dividir bons e maus momentos, trocar beijos e carinhos, enfim, manter um relacionamento. Estou procurando um namorado de verdade, cansei de só ficar – comenta Ana Lúcia.

A psicóloga Renata Monteiro explica que, se a pessoa nunca namorou e está preocupada, o melhor é relaxar e dar tempo ao tempo.

— Namorar é bom, mas tem que ser com alguém legal, que goste de você e tenha experiências e opiniões para compartilhar. Se achar que apenas ficar não está fazendo bem, é melhor não ficar com ninguém, apenas ter calma e estar aberto para conhecer novas pessoas. De repente, o primeiro namoro está mais perto do que a gente imagina – aconselha a psicóloga.

A estudante Camila Mota, de 20 anos, que está namorando há seis meses seu colega de faculdade Ricardo Muniz, da mesma idade, conta que esse é o seu primeiro namoro sério e que ela está adorando.

— Perdi muito tempo com medo de me envolver com alguém. Estou vivendo o melhor momento da minha vida – conta Camila.

Por isso, meninas e meninos, nada de medo ou ansiedade. Na hora certa vai aparecer a pessoa ideal, aquela que mexe de um jeito especial com o coração da gente. Como saber quando isso acontecer?? Nem se preocupem, vocês não vão ter dúvidas. É um mistério difícil de explicar mas muito fácil de reconhecer.



Não se deixem levar por modismos irresponsaveis. É sempre mais feliz quem segue pelo caminho estreito.

Nenhum comentário: