Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

terça-feira, 6 de abril de 2010

A violência invade as escolas

Para se falar de violência é preciso antes de tudo compreender que a violência existe em várias e diferentes formas. Mas, existe uma em especial que está me assustado: a violência contra os PROFESSORES E DIRETORES

Fico extremamente preocupada com uma sociedade que não valoriza os profissionais de educação. Muito já se ouviu falar que existem educadores que na verdade são carrascos de seus alunos, o que igualmente reprovo. Agora o que mas vemos e ouvimos é o inverso. A total e irrestrita falta de respeito  para com esses profissionais pelos alunos e por suas famílias. O que estará acontecendo, meu Deus?

A gravidade da situação nos remete a um questionamento sobre qual é a educação que vem sendo praticada em nossa sociedade  e ainda por que o  mundo da criminalidade e do lado perverso da sociedade tem mais atrações do que a escola e o seio  familiar?

O que está havendo com nossa sociedade? Por que nossas escolas não estão desenvolvendo formas de manter os jovens no seu ambiente? Por que nossas crianças e jovens não respeitam os valores humanos, não respeitam os próprios pais e educadores? Por que o ensino não suscita a vontade de crescer , de melhorar de vida , de ser gente? 

Questões como estas precisam ser debatidas, aprofundadas e cada vez mais discutidas no processo de entendimento da escola e de seu papel perante a sociedade. É preciso criar urgentemente mecanismos de geração de prazer no meio escolar e buscar apoio dos outros setores da sociedade no sentido dar valor ao  profissional que visa educar e formar o caráter de nossos filhos. 

Notamos claramente que a maioria dos que acabam indo para o mundo do crime ou para os efeitos da violência estão mesmo desprovidos de uma boa base familiar e de um bom processo educativo. O contexto da sociedade atual marcada pelo pragmatismo, pelo imediatismo e pela negação de valores acaba influenciando idéias errôneas em nossa sociedade que  levam os jovens ao vício tanto ilícito quanto lícito que são passos iniciais para o processo de geração de violência e criminalidade. É vital que haja um processo de melhoria do processo educativo como um todo onde o papel do educador seja valorizado  cada vez mais  pela sociedade que precisa urgentemente inverter a lógica do poder econômico em busca da verdadeira qualidade de vida.  

 

Eu acredito que chegamos em um momento crítico no qual teremos que tomar uma atitude de mudança. Pelo bem de toda sociedade.



Eu vejo a escola como uma extensão da família, tenho para com meus alunos uma relação de respeito mútuo e de amizade. Não consigo imaginar uma relação contraria ao amor, não presente no ato de educar ou de ser educado por alguém.





5 comentários:

keula disse...

Xenia vc descreveu muito bem esse tema, atualmente está dificil trabalhar, pois a violência é a matéria que os alunos mais dominam!!!!

BLOG RÁDIO disse...

parabéns pela postagem e o destaque de uma frase que resume entre o educador e o educando:
"Eu vejo a escola como uma extensão da família, tenho para com meus alunos uma relação de respeito mútuo e de amizade."

Pensador Louco disse...

Para isso mudar, a sociedade como um todo tem que entender seus papéis de:

Professores como educadores e formadores de opinião;

Pais como educadores e incentivadores da educação;

Governo como construtor de recursos para abalizar a educação.

Enquanto isso não acontecer, crianças sairão das escolas da mesma forma que presos saindo da prisão. Com zero conteudo e tendo apenas a vontade de nunca mais voltar lá.

Grande postagem, amiga. Parabéns.

Francisco Castro disse...

Olá!

A educação deve ser entendida como tal, não como um lugar em que se briga ou se encontra violência. Infelizmente, isso é uma realidade em muitas escolas pelo país afora. É preciso que, principalmente, os pais orientem mais os filhos, sejam duros com eles. Só assim, essa violência sem cabimento nas escolas diminuirão.

Abraços

Francisco Castro

MARIA COSTA disse...

Oii Xenia

Seu post foi bastante informativo e coerente com a realidade de nossa educação.Antigamente o professor era sinonimo de respeito, hoje em dia os alunos nem se quer sabe esse significado.Por isso que varios profesores não se sentem mais motivados para ensinar, pois o que realmente muitos alunos querem é só violencia e nada de aprendizado.
bjs