Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Um dia limpo é sempre um dia limpo é sempre um dia bem sucedido, não importa o que aconteça.




Morra quem morrer, nasça quem nascer, não precisamos mais usar drogas.

N-a-d-a   justifica o uso. 

Por toda a vida arranjei motivos para usar. Usava por que estava frio, ou calor. Usava quando meu time perdia ou quando ele vencia. Usava por que estava bem demais, guiada pela euforia, ou usava quando estava na maior deprê. 

Hoje, NADA justifica o uso. Não tenho mais como mentir para mim mesma, culpar pessoas, lugares e situações, não posso mais me manipular. 

Se é que existe alguma razão no mundo para usar drogas, existem mil razões para não usar.

Nada pode ser pior do que a dor do uso. Aquele conhecido sentimento de derrota pós uso e a frustração de mais uma vez não ter conseguido dizer não as nossas próprias vontades. Não quero mais ficar com aquela cara de biscoito traquinas quando a onda passa. Nem ter aquele sentimento de fracasso por mais uma vez ter sido fraco e ceder aos apelos da obsessão e compulsão. 

Saber que usou uma grana que não poderia gastar, pois era de um compromisso inadiável, É DOLOROSO DEMAIS. 

A degradação moral, física e a morte espiritual tornam-se eminentes quando usamos. O sentimento de vazio e as algemas da alma me apertando, é angustiante. Aquela corrente, com uma bola na ponta, me fazendo escrava, é algo assustador. 

O uso de droga fazia com que eu me arrastasse pela vida, e só por hoje, perdeu forças e já não me aprisiona. 

Hoje sou livre e posso escolher entre ser uma ameba rastejante, ou me transformar em um ser digno e andar de cabeça erguida, tendo a certeza de que estou me tornando um ser humano melhor. 

Só por hoje, as drogas não tem mais poder sobre mim, a não ser que eu permita. 

Se a cada vontade de usar, eu ceder, quando aprenderei a ficar limpa? NUNCA!

Precisamos usar todos os motivos que temos para viver, para não usar. Sei que é uma luta diária, pois lutamos contra uma força descomunal e um poder altamente destrutivo. Por isso, temos que admitir que nunca poderemos medir forças com a adicção, simplesmente nos rendemos. Aceitamos o fato que NUNCA MAIS poderemos usar controladamente, não importa quanto o tempo passe. 

Quanto mais rápido nos rendermos a este fato, mais cedo nos recuperaremos e mais perto estaremos da felicidade. Desfrutaremos da simplicidade de uma rotina, coisa que não tinhámos antes, pois nossas únicas metas na adicção ativa eram usar, usar e usar.

Precisamos usar todo aquele velho jogo de cintura que tínhamos na ativa para "descolar" mais uma dose, para ficarmos limpos mais um dia.

Precisamos acreditar em um Deus amoroso, que faça por nós, aquilo que não conseguiamos fazer sozinhos. Precisamos de fé, perspectiva e sanidade.


NADA JUSTIFICA O USO DE DROGAS E USAR É MORRER EM TODOS OS SENTIDOS!

Só por hoje, escolha a vida, e ela te devolverá sorrisos e paz, retribuindo seu movimento positivo em direção a ela.


 retirado do blog  http://soporhojenuncamais.blogspot.com/ de Darléa Zacharias

Nenhum comentário: