Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Deus me livre das notícias na TV



Fico aqui imaginando até onde nos levará a insanidade humana... Ligo a TV, quero assistir os noticiários e me manter informada sobre o que acontece no Brasil e no mundo. Porém, a cada dia, percebo que o ser humano tem se superado na maldade, na ganância, na crueldade, no preconceito, na bestialidade, na ignorância, na busca incessante de se fazer notar pelo lado podre dos fatos.

É uma dura constatação!!! 

Das coisas que me causam nojo fazem parte políticos casados que passam a vida a trair a mulher com prostitutas.Logo a seguir vêm as mulheres que sabem que os maridos as traem a torto e a direito e continuam com eles pelo dinheiro. E segue pelos policiais corruptos que saqueiam as favelas que deveriam proteger, passa pelos barões do trafico que comandam o comércio de bilhões de reais em drogas de dentro de nosso sistema prisional com a conivência de autoridades.

Isso sem falar na infinidade de pais que fazem de suas filhas reféns de suas taras animalescas e com elas tem filhos e tudo mais. Aja estômago! E as coisas não param por aí, assistimos a violência invadir nossas escolas fazendo vitimas professores e alunos, expostos e feitos de gato e sapato. Alguns alunos chegam ao absurdo de filmar suas brigas idiotas e postar na net para se fazer conhecido mesmo que seja por sua estupidez. Agridem não só os colegas mas, também os profissionais que trabalham com baixos salários e altos desafios.

Infelizmente, sinto vergonha do país em que vivo. São muitas as coisas boas que acontecem Brasil afora, contudo, elas somem nesse mar de lama da nossa sociedade.

E por falar em lama, assistimos também a grandes tragédias promovidas não pelas chuvas como dizem nossos dirigentes, mas sim, pela incompetência dos mesmo em programar um sistema eficaz de moradia a pessoas em areas de risco.

Ligamos a TV e ouvimos falar das drogas, do crack, da guerra, da política, da canalhice toda e aceitamos passivamente que seja assim. Já disse Martin Luther King, "O que mais me preocupa não é o grito dos violentos, nem dos desonestos, nem dos corruptos, nem dos sem ética. O que mais me preocupa é o silêncio dos bons". 

Fico me perguntando qual será nossa parcela de culpa em tudo isso? Até quando vamos assistir calados a tudo isso?



O problema começa com a própria população que ao tentar livrar-se de suas culpas, despejam em cima de terceiros suas reclamações na tentativa de absolver dos seus próprios erros, saindo impune de diversas situações. 

Homens mal educados geram uma sociedade impune.

O dominó se estende em um ciclo irreversível, do qual cada bloco se deita sobre o outro, derrubando uma obra inteira. Mas lembre-se que apenas uma peça pode fazer a diferença.

Porque não partimos do principio, respeitando os mais velhos, quando os mesmos são repletos de sabedoria, pelos longos anos já vivenciados? Porque não esquecemos o concorrente e passamos a ter mais personalidade e profissionalismo? Porque não educamos nossos filhos, ao invés de aprisionarmos e sufocarmos, gerando adolescentes inconseqüentes e revoltados, futuramente colaboradores de uma futura sociedade ainda pior? Porque não cuidamos do meio ambiente, preservando e orientando ao contrario do descaso e a espera de terceiros até que uma catástrofe aconteça devastando tudo a sua volta?

É fácil culpar mas será que você não contribuiu?

A educação foi abandonada em nome do descaso, da falta de competência, do marasmo, do comodismo e da falta da própria educação.



Como oferecer se não recebemos, não é mesmo?

Ainda é tempo de corrigir! Olhe para os seus erros e tente corrigi-lo. Gere dentro de sua própria família a diferença de uma nova geração mais organizada e limpa.

Nosso cotidiano é feito de estratégia, se não traçarmos nossas metas, nossos objetivos, ficamos a espera do acaso e da sorte. Coisa que pouco acontece, e se aparece se esvai em motivo a falta de estrutura, pois não recebemos, não podemos se equilibrar.

Acorde para a vida faça brotar dentro de seu peito a vontade de ser apenas você!

Lembre-se que tudo é um ciclo, o comportamento inferior reflete na camada superior. Se a educação não for aplicada, o Brasil será eternamente um país composto de um povo mal educado, tendo como consequência a impunidade estampada na TV.



3 comentários:

seuluiz disse...

O nosso silêncio, com certeza, encoraja os canalhas. Belo texto.

Abraços!

Francisco Amado disse...

Um ótima reflexão.

Xênia da Matta disse...

Obrigada pela participação no blog. Bjim