Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Dicas para a volta as aulas

Dicas
O reinício das aulas é marcado por expectativas, sobretudo em relação ao reencontro com os amigos e às novas amizades. A escola também é lugar para alimentar o sonho, motivar para um projeto de vida, criar um ambiente de confiança e respeito às diferenças de cada um. Sugerimos algumas dicas para trabalhar estas questões.


O jovem no Ensino Médio

Quando o jovem chega ao Ensino Médio, muitas vezes os responsáveis enfrentam maior dificuldade para acompanhar os filhos no processo escolar, pois os trabalhos exigem domínio de conhecimentos específicos com maior complexidade, além do currículo apresentar maior número de disciplinas... 

Livros:

Super - de Marcelo Carneiro da Cunha. No mundo digital, ele é Prince, um dos melhores hackers entre os muitos que invadem sites e servidores para mostrar o seu talento, para se divertir ou para passar o tempo. Mas descobre que pode utilizar a internet para uma ação mais saudável e transformadora. Editora Record.

Diário de um professor - organizado por Otavio Rojas, com o objetivo de resgatar o prestígio do professor e valorizar seu cotidiano de dificuldades e anseios, é uma coletânea de 62 histórias que relatam atividades diárias de docentes em escolas gaúchas. Editora Orquestra.


Filmes e Vídeos:

* Pro dia nascer feliz - 2006 - As situações que o adolescente brasileiro enfrenta na escola, envolvendo preconceito, precariedade, violência e esperança. Adolescentes de três estados falam de suas vidas na escola, seus projetos e inquietações. Direção de João Jardim. 

* Clube dos Cinco - 1985 - adolescentes que aprontam na escola, tem por castigo passar uma tarde fechados para escrever um texto de mil palavras falando sobre o que pensam sobre eles mesmos. Acabam compartilhando suas histórias de vida. Direção: John Hughes.

* O Passo de um vencedor: uma história de superação - o documentário narra a história do atleta biamputado Pauê que, em 2000, sofreu um acidente que fez com que perdesse parte de suas pernas. O jovem de 18 anos apaixonado por esportes viu, por um momento, seus sonhos desabarem. Conta a trajetória de superação após o acidente, tornando-se uma lição de vida e exemplo para muitos.

* Sociedade dos poetas mortos
Propõe um outro modelo de aula, em que o estudante é desafiado a buscar e a criar e não apenas a esperar pelo conhecimento.
Assistir ao filme e propor que, em grupos, conversem sobre como gostariam de ser vistos e tratados enquanto estudantes; como gostariam de ser tratados entre os colegas de turma; como gostariam de tratar seus professores; como aprendem melhor. 
Pedir que anotem estas idéias e, durante o ano, as retomem com a turma, avaliando dificuldades e conquistas.

Outros vídeos disponíveis na internet que podem ajudar a promover debates na escola:

* Escolhas e motivações - Confira: www.youtube.com/watch?v=wcWr7JFX9fY&NR=1

* Poder e competência - Confira: www.youtube.com/watch?v=Q7gdfWbkdgI&feature=related

* Todos nós queremos ser jovens - Confira: www.youtube.com/watch?v=-UTxmO_sNZA



Site:

Todos pela educação

Confira no site do movimento como todos nós podemos contribuir para melhorar a educação brasileira.

A biblioteca deste site disponibiliza pesquisas e estudos sobre a Educação no Brasil. Nela você encontra materiais sobre diversos temas relacionados à melhoria da qualidade da Educação. Participe deste movimento!

Temas a serem abordados em 2012

Temas Abordados 2012
Sociologia

• Ano Internacional do Cooperativismo (Fevereiro/2012)

• Ideais e ideologias (Março/2012)

• Ações afirmativas

• Estudos culturais e compreensão da sociedade

• Sociedade do consumo e do espetáculo

• A segurança humana (Amartya Sen)

• Emancipação das massas (Gramsci)

• Sociedade líquida (Bauman)

• Sociedade complexa (Morin)

• Movimentos sociais (Boaventura)

Arte e Cultura

• Cultura visual (Fevereiro/2012)

• Como trabalhar arte na escola (Março/2012)

• Dramatização na escola

• O que é cultura hoje?

• O rádio no Brasil

• Como nasce um artista

• Diversidade cultural brasileira

• Propaganda: arte e artimanhas

• Mundo Jovem, 50 anos de comunicação

• A arte nas pinturas

Ciências Naturais
(Física, Química e Biologia)

• Como incentivar o estudo de ciências

• Como surgiram os calendários? (Fevereiro/2012)

• Genética e hereditariedade

• Substâncias químicas nos alimentos

• Matemática e resolução de problemas

• Ciências e qualidade de vida

• A evolução dos seres vivos (Março/2012)

• Por que as estrelas não caem?

• Transformações químicas

• Plantas para a saúde e a alimentação

Educação

• Interdisciplinaridade (Fevereiro/2012)

• Coordenação pedagógica e formação de professores (Março/2012)

• Relação professor e aluno

• Gestão escolar

• Evasão na EJA

• Educação popular

• Educação integral

• Ensino Médio inovador

• A educação no Mundo Jovem

• Grêmio estudantil

Sugerimos textos, poesias, dinâmicas, frases, mensagens... que poderão inspirar as celebrações e comemorações. Esperamos contribuir com as atividades de escolas, grupos de jovens... Confira! Datas comemorativas no site mundo jovem, é só clicar abaixo.

















projetos pedagógicos

Sensibilidade para ajudar a quem precisa


     O “Projeto Solidariedade” busca promover o desejo de fazer a diferença, contribuindo para um mundo melhor a cada dia. É uma rica oportunidade de cooperação e reflexão acerca da cidadania.


     Os alunos que têm a oportunidade de participar não permanecem como antes. Sua concepção de vida, de valores, muda muito. Passam a valorizar as pequenas coisas da vida e também aprendem a pensar no próximo.


1ª etapa - Abordagem do assunto em sala, divisão de grupos e atribuição de tarefas:


     Depois de trabalhar o tema em sala de aula (para despertar o interesse e chamar a atenção dos alunos para um dos exercícios de cidadania que é a solidariedade), pode-se dividir a turma em grupos. Em cada grupo, os alunos devem ter tarefas definidas: um grupo pode ficar responsável pela confecção de cartazes que sensibilizem e incentivem a ação solidária; outro monta uma peça teatral sobre o assunto; outro fica responsável por um trabalho de pesquisa sobre pessoas que se tornaram conhecidas no mundo por atitudes solidárias; outro, pela maquete baseada no poema O Bicho, de Manoel Bandeira; e outro monta um rap, convidando toda a escola a participar da campanha de doações.


2ª etapa - Todos juntos fazendo a diferença:


     Os grupos deverão apresentar seus trabalhos para toda a escola, em uma espécie de convocação ao apoio e à participação de toda a comunidade escolar. Inicia-se, então, a campanha de doações.


3ª etapa - Culminância do projeto:


     Depois do período de campanha e doações, os alunos, munidos de solidariedade e doações de várias espécies, visitarão orfanatos ou asilos para a entrega das doações.
     Os mesmos grupos, com a colaboração e a orientação do professor, deverão planejar atividades destinadas a crianças e/ou idosos.




Dicas para organização dos grupos


Grupo 1: confecção de cartazes que sensibilizem e incentivem a ação de solidariedade, com ilustrações e frases que levem à reflexão e à ação solidária. Exemplos: “E você? Vai ficar aí parado sem fazer nada?” “Não temos em nossas mãos a solução para todos os problemas do mundo, mas diante de todos os problemas do mundo, temos nossas mãos”.


Grupo 2: montar uma peça teatral sobre o assunto, sobre a sensibilidade e o senso comunitário do cidadão voluntário.


Grupo 3: trabalho de pesquisa. Elaborar cartazes com o título: “Faça parte você também desse grupo que luta por um mundo melhor.” Sugestões: Madre Teresa de Calcutá, Chico Mendes, Gandhi, Zilda Arns, Luther King, Herbert de Souza (Betinho), Nelson Mandela, Dorothy Stang, entre outros.


Grupo 4: montar uma maquete inspirada no poema O Bicho, de Manuel Bandeira. A mesma deve estar acompanhada do poema.


Grupo 5: montar um rap convidando toda a escola a participar da campanha de doações. A letra do rap deverá estar condizente com a proposta do projeto, ou seja, dentro do contexto.


O bicho
(Manuel Bandeira)


Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.
O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.
O bicho, meu Deus, era um homem.
 Iniciar um novo ano de aulas é um acontecimento singular. É uma mistura de festa, expectativas, ansiedade, preocupação... É reencontro de colegas, novas amizades, curiosidade sobre os estudos, promessa de estudar mais...

     Aulas chatas, professores exigentes, colegas “insuportáveis” podem ser preocupações menores. Afinal, quantas decisões de vida, convicções existenciais, projetos de vida são moldados no período escolar. É também o grande ensaio da convivência social, fazendo das diferenças uma riqueza e não um peso.


 Sugestão de atividades


Viver e conviver

     Os filmes Clube dos Cinco (1985) e Pro dia nascer feliz (2006) (trailer:www.youtube.com/watch?v=uxEQhcZNHfM) contam a história de adolescentes e suas vivências na escola, permeadas de suas histórias de vida, sonhos e desencontros.

Sugestão de atividade:

- Fazer a crítica dos filmes Pro dia nascer feliz e Clube dos Cinco.

- Conversar sobre as ações que fazemos ou presenciamos e que estragam a convivência entre as pessoas. Sobre o papel dos conflitos sempre presentes na convivência humana; a diferença entre conflito e confronto e o que cada um deles gera.

     Depois, sobre quais valores restabelecem o respeito, a confiança e a boa convivência do grupo e da comunidade.

- Conversar sobre a escola que queremos e a contribuição de cada grupo: professores, estudantes, funcionários, equipe diretiva etc., para criar na escola um ambiente bom de convivência que possibilite às pessoas se exercitarem na vivência da paz, do respeito às diferenças e da solidariedade.

 Faça sua parte
Forme grupos para discutir as dicas do "Movimento Todos Pela Educação" para os estudantes. Cada grupo discute três ou quatro dicas e depois apresenta para os demais as principais ideias debatidas. Pode-se propor que cada um apresente em forma de rap ou outro estilo musical.

Veja cada dica mais detalhada no site:www.todospelaeducacao.com.br 

1 - Acredite em você
2 - Assuma a responsabilidade de ser estudante 
3 - Não abra mão de seu direito de aprender 
4 - Leia muito
5 - Faça o máximo para não repetir o ano
6 - Converse sobre a escola com seus pais 
7 - Cuide da sua saúde
8 - Ajude seus colegas e outros estudantes
9 - Cobre seu direito a uma educação de qualidade
10 - Respeite a equipe da sua escola
11 - Apoie a integração entre escola e comunidade
12 - Fique de olho nos políticos
13 - Lembre-se da educação na hora de votar
14 - Participe, manifeste-se, seja ativo
15 - Acompanhe o uso dos recursos na educação 
16 - Apoie a construção de parcerias
17 - Saiba mais sobre a educação no Brasil

Quem sou eu?
Finalidade: apresentação socializada em grupo de participantes que não se conhecem.

Característica: autoconhecimento, descobertas, memória.

Material: cartolinas, hidrocor, fita adesiva.

Descrição:

1. Cada um escreve num círculo de cartolina, nome, signo do zodíaco e duas características marcantes que acha que os outros lhe atribuem.
2. Em seguida, escolhe-se no grupo um parceiro para conversar. A dupla então troca informações pessoais, aprofundando o conhecimento mútuo.
3. Ao comando do educador (coordenador), forma-se um círculo onde um apresenta o outro. As cartolinas com as informações pessoais são mostradas ao grupo.

Comentários:

1. As cartolinas podem ficar expostas durante o encontro, criando um ambiente de intimidade.
2. Uma conversar posterior sobre o que ocorreu pode possibilitar uma discussão sobre o grupo, seus limites e barreiras pessoais.


Fonte: Jogos de Cintura - Escola Sindical 7 de Outubro. Publicada no livro “Dinâmica de Grupos na Formação de Lideranças” - Ana Maria Gonçalves e Susan Chiode Perpétuo, editora DPeA.


Bom retorno a todos!!!