Mensagem do dia

Estude! Saber é o maior diferencial que existe!

sábado, 26 de maio de 2012

Seu filho tem depressão?



Encher os filhos de atividades parece uma boa maneira de ocupar o tempo deles. O problema é que essa atitude pode causar depressão. Isso é o que revela um estudo com adolescentes com idade entre 12 e 17 anos. Veja quais são os sinais mais comuns da depressão infanto-juvenil:


• Reclama de não ter o que fazer. 


• Ganha ou perde peso facilmente. 

• Acha difícil se concentrar em qualquer atividade. 


• Se culpa por tudo que não dá certo. 


• Tem pensamentos suicidas e vive falando em morte. 


• Não consegue dormir ou dorme além do normal. 

• Sente cansaço e irritação, e está mais mau humorado. 



Problemas secretos dos filhos



Dificuldade nos estudos

Como identificar 
· Apesar de ser um termômetro, nem sempre o boletim cheio de notas vermelhas é o único indicativo de problemas escolares. Note se seu filho mantém um diálogo no mesmo nível das outras crianças da sua idade ou se tem comportamento pouco adequado para alguém da sua faixa etária. 
· Perceba se ele vai para a escola alegre ou forçado, de cara amarrada. 
· Por volta dos 7 anos, os baixinhos camuflam a dificuldade de aprendizagem para os pais, mas não para os professores. Então, caso seja chamada para conversar na escola, não deixe de comparecer. 

Como auxiliar 
· Incentive brincadeiras com jogos educativos como palavras cruzadas, forca e atividades na internet. Vale convidar os amiguinhos para participarem também. 
· Simule um problema de visão e peça para ele ler alguma história. Ou, então, divida com ele a leitura de um texto. 
· Para estimular à escrita, convide-o para fazer a lista da compras do mês com você e dite os itens a serem adquiridos.


Hábito de roubar

Como identificar 
· Objetos que não eram dele aparecem na mochila e na lancheira. Para despistar, explica ser presente dos amigos. 
· Se os professores na escola comentarem sobre sumiços constantes de coisas na sala de aula, fique atenta, pois qualquer um pode ser o responsável. 

Como auxiliar 
· Quando rouba, a criança tira algo do meio para preencher um vazio causado por sofrimento. O ideal é procurar ajuda psicológica para descobrir os motivos que a levam a praticar pequenos furtos. O especialista também explicará a melhor forma de abordar o pequeno.


Mania de mentir

Como identificar 
· A criança sempre exagera nas histórias. Mas atenção: até os 7 anos, isso não deve ser considerado mentira, pois nessa fase ele ainda confunde realidade e fantasia. 
· Ao contar várias vezes a mesma coisa para pessoas diferentes, existe mudança no conteúdo dos fatos. 

Como auxiliar 
· Deixe claro: você sabe que se trata de uma mentira. Se a criança insistir, peça provas, pois ela precisa admitir o erro. No entanto, cuidado para não cometer uma injustiça. 
· Mentir pode ser uma forma de compensar falta de atenção e carinho. Arranje um jeito de passar mais tempo com seu filho. Se a mania não diminuir, fale com um psicólogo.

Nenhum comentário: